A dica de Madrid vai ficar por conta de dois restaurantes maravilhosos que conheci nessa minha última passagem pela cidade. Pensando sobre o que escrever, concluí que Madrid foi a única cidade, até agora, que não fui mais de uma vez em um restaurante, pois tenho o hábito de, sempre, retornar: o ambiente se torna familiar e a comida com um toque de nostalgia.

No primeiro dia fomos almoçar em um restaurante que, pesquisando no TripAdvisor, tinha tudo a ver com o que queríamos: estava pertinho do nosso hotel, numa região super gostosa, com mesas na calçada e famoso por servir as melhores paellas da cidade. Vamos ou Bora?

O restaurante é o St James, que possui três pontos na cidade de Madrid. O nosso escolhido foi o da Calle Ortega y Gasset, n 83. Pedimos uma mesa do lado de fora para curtir um pouco mais o clima agradável que estava fazendo na cidade e, claro, um bom vinho branco para começar. A pedida do dia foi o Albariño Fillaboa, 2014. Um vinho suave, mas ao mesmo tempo persistente, bem a cara de um almoço mais descontraído. O Alcimor, inclusive, já o conhecia. É que ele já tinha visitado a propriedade onde ele é  produzido, na região de Rias Baixas, na Galicia, que pertence a clientes e amigos dele. Já o almoço vocês já sabem, né? Uma paella pra quatro pessoas.

IMG_1227

 

Paella delícia
Paella delícia

 

Calçada com mesas

 

A fachada é feia, mas o restaurante é ótimo, viu? rs
A fachada é feia, mas o restaurante é ótimo, viu? rs
Já no jantar optamos por algo mais badalado. Pedimos indicação para o Concierge do nosso hotel e ele nos aconselhou sem titubear: Otto Madrid. De cara, já gostei. O local é muito massa! Além de ter uma decoração linda, nos dando a sensação de que estávamos dentro de uma biblioteca, o Otto tem um bar super descolado na entrada, com dj, mesas e bancos altos e muita gente bacana. O banheiro (sim, tenho que falar do banheiro) é uma atração à parte. O som é ainda mais alto ali dentro, com cabine de DJ, bar e algumas mesas.
A comida estava deliciosa, desde as entradinhas até os pratos principais. De entrada fomos de Jamon Ibérico (P 13€ e G 24€), Ceviche de Merluza INCRÍVEL (P 9€ e G 16€) e Huevos fritos sobre batatas e Jamon do mar (G 16€). Esse último, repetimos: divino! Já de prato principal, eu fui de Tartar de Atum roxo com algas wuakame (P 12€ e G 22€) e o Alcimor de Risotto de Esmola rojo con Virtual de de Foie (G 16€). Tudo espetacular!
OttoMural2
Ao final, ainda tomamos um drink no outro bar do restaurante que fica na calçada, ao ar livre, super agradável e cheio de gente. Quem estiver de passagem marcada pra Madrid não pode perder essa super dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *