Como falei nos posts anteriores, acabamos de voltar de uma viagem pela região de Andaluzia, na Espanha. Aqui vou deixar algumas dicas do roteiro que fizemos.

Tínhamos, inicialmente (digo inicialmente pois perdemos o vôo e acabamos passando mais 05 dias, dos quais aproveitamos para conhecer a região do Algarve, em Portugal – assunto para outro post), 09 dias de viagem. Saímos de Fortaleza apenas com dois destinos certos: Sevilha, o qual passaríamos 02 dias e 01 noite; e Marbella, que teríamos 03 dias inteiros. Ou seja, estavam sobrando 04 dias, em que decidiríamos por lá pra onde ir e o que fazer (e como eu amo essas viagens despretensiosas!).

Chegamos em Sevilha através do vôo Fortaleza – Lisboa – Sevilha. A viagem de Lisboa pra Sevilha foi feita pela TAP em um vôo rápido e tranquilo. No aeroporto mesmo alugamos um carro e aqui vai uma super dica: sempre antes de fechar no balcão da empresa, acessamos os sites rentalcars.com e priceline.com, pois eles quase sempre têm um preço melhor do que o ofertado ali no balcão.

De carro alugado, seguimos para o nosso hotel, que já até citei aqui, o Gran Meliá Colón. Passamos 02 dias em Sevilha e seguimos de carro para Marbella, na chamada Costa del Sol, também pela região da Andaluzia. Os 03 dias em Marbella foram INCRÍVEIS! Saí de lá super resistente, pois, por mim, teria ficado lá todos os dias da viagem. Mas, como estávamos em grupo, que vença a maioria.

Como eu disse acima, só tínhamos dois destinos certos nessa viagem, que eram Sevilha e Marbella. Nos dias que lá passamos fomos estudando as possibilidades e decidimos que seguiríamos para Córdoba, mas antes desviaríamos um pouquinho o caminho para darmos uma passadinha em Ronda.

O caminho de Marbella até Ronda é liiindo! Chegamos a estar a mais de 1000 metros de altitude. A paisagem é de tirar o fôlego (e as curvas também, rs). Em Ronda, estacionamos em um Park no centro da cidade e fomos conhecer o que de mais lindo aquela cidadezinha tinha a nos oferecer. Passamos pela Praça dos Touros, uma das mais antigas da Espanha, pela Igreja Matriz, Câmara Municipal e, claro, a Puente Nuevo, que é o maior e mais lindo cartão postal da cidade (e com razão!).

 

Mirante no caminho de Marbella à Ronda
Mirante no caminho de Marbella à Ronda

 

DSC_0197
Praça central de Ronda

 

DSC_0198

 

DSC_0207

 

DSC_0217
Plaza del Toros vista de fora

 

Puente Nuevo
Puente Nuevo

 

DSC_0226
Restaurantes e pousadas com vista para a Puente Nuevo (super vale um almoço aqui com essa vista maravilhosa)

 

DSC_0229
Vista do Mirante ao lado da Puente Nuevo

 

DSC_0281
Ronda parece uma cidade cinematográfica

 

De Ronda continuamos nossa viagem para Córdoba. Por lá, um finalzinho de tarde (que, na verdade, deu pra aproveitar bastante, já que a essa altura do ano só escurece às 22h), uma noite e a manhã do dia seguinte. Não tenho propriedade pra dar quase nenhuma dica da cidade, porque nossa passagem além de rápida, foi bem despretenciosa… queríamos apenas sair se perdendo pelas ruazinhas e sentar em algum canto pra tomar um caña e comer umas tapas. De todo modo, uma dica ótima é a do hotel que ficamos hospedados e que eu simplesmente AMEI, o Hospes Palácio del Bailio, um antigo palácio do século XVI, no centro histórico da cidade.

Passeando pelas ruas entre o nosso hotel e a Catedral de Córdoba encontramos resquícios da era romana por lá:

Ruínas Romanas em Córdoba
Ruínas Romanas em Córdoba

 

A Catedral de Córdoba foi, originalmente, uma igreja cristã, construída por volta do ano 600. Com a chegada do Islã a Córdoba, o lugar foi dividido entre cristãos e muçulmanos. Em 1236, depois de ser parcialmente destruída, a Mesquita foi reconstruída como uma catedral. Por isso sua denominação mista de “Mesquita-Catedral”. Não tenho nenhuma foto boa dela, pois saí sem a máquina fotográfica nesse dia e, com a pouca luminosidade do final do dia, o Iphone não ajudou muito.

 

CatedralCordoba

 

CatedralCordoba2
Lateral da Catedral

 

Uma ótica dica de um local pra almoçar ou jantar é o Sojo Fusion, ali às margens do Rio Guadalquivir. Optamos por ficar na calçada, pois o clima de verão pedia. Vale a pena uma paradinha por lá!

 

De Córdoba seguimos de carro para Madrid. Como já disse, não tínhamos tempo pra conhecer um pouco mais da Andaluzia, pois tínhamos que ir para Madrid, pois o nosso vôo sairia de lá para Lisboa, para então começarmos a viagem de volta para o Brasil. Mas, se tempo tivéssemos, com certeza, teríamos esticado nossa viagem até Granada e Cádiz.

 

 

 

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *